Una Linha Verde inicia construção do maior Hospital Veterinário do Vetor Norte de Belo Horizonte

Considerado o terceiro país no mundo com maior população de animais domésticos, com cerca de 140 milhões de pets, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos Para Animais de Estimação (Abinpet), o Brasil representa uma força crescente no segmento de Medicina Veterinária. Somente entre cães e gatos, são 78 milhões, aproximadamente. Diante desse contexto, a Una Linha Verde – instituição da Ânima Educação – inicia a implementação do maior Hospital Veterinário do Vetor Norte de Belo Horizonte, um complexo com 1.800 metros quadrados e infraestrutura completa. 

“Os animais de estimação fazem parte de uma quantidade considerável de lares brasileiros. Com a Pandemia, ter um pet em casa virou uma forma de espantar a solidão, realidade que fez subir o número de adoções durante o isolamento social. Do atendimento clínico generalista às especialidades, a preocupação com a saúde deles virou algo super importante. E o Hospital Escola do Vetor Norte chega para suprir essa demanda, prestando serviços em rotina clínica animal, cirúrgica e laboratorial, não somente para os pequenos, mas para os de grande porte também,”, destaca a coordenadora do curso de Medicina Veterinária da Una Linha Verde, Marina Greco.

O complexo terá capacidade para atendimento clínico e cirúrgico de mais de 120 animais de pequeno e grande porte, diariamente. A estrutura contará com portaria e recepção específica para tutores e animais; laboratório integrado de necropsia; laboratório de análises clínicas; setor de diagnóstico por imagem; internação; dispensário para armazenamento de medicamentos e insumos de rotina; bloco cirúrgico; setor de grandes animais com baias e piquetes para equinos, bovinos e ruminantes; pista de equoterapia e treinamento equestre; canil; espaço de convivência cat friendly; ala administrativa; conforto médico com dormitório para equipe técnica entre outros. 

Para o diretor da unidade Linha Verde, Bruno Antunes, a vivência em um ambiente completo e especializado permite que o aluno adquira experiência e desenvolva habilidade e segurança na conduta profissional com os animais. “Um estudante de Medicina Veterinária necessita de infraestrutura que permita a realização de práticas específicas ou integradas e a vivência da rotina clínica, cirúrgica e laboratorial.  Por isso, a unidade iniciou neste semestre as obras do Hospital Veterinário, com previsão de inauguração para o primeiro semestre de 2022”, diz.  O Hospital irá ofertar serviços veterinários na parte clínico, cirúrgica, laboratorial, de imagem e outras especialidades para cães, gatos, pets exóticos, equinos e ruminantes.

Cat Friendly

Demonstrando o seu posicionamento Pet Friendly e como mais um resultado dos investimentos que a instituição vem realizando no segmento veterinário, a Una Linha Verde inaugura um espaço Cat Friendly. Com 40 metros quadrados, o local é destinado ao acolhimento de gatos abandonados e vítimas de maus tratos, com a promoção de um ambiente de convívio com humanos, favorável à sua adaptação familiar e consequente adoção.

“A popularidade dos gatos está aumentando. Conforme a Abinpet, houve um crescimento anual de 8% na população felina em domicílio. Porém, é grande também o número de gatos que vivem nas ruas, multiplicando-se nos centros urbanos. A Una Linha Verde tem desenvolvido diversos projetos sociais em prol desses pets, como o Neonato, que proporciona o acolhimento de fêmeas de felinos e caninos gestantes e encaminhamento para adoção por meio de feiras”, destaca Marina Greco.

O Espaço Cat Friendly também visa estabelecer maior interação entre as pessoas e os animais, com benefícios terapêuticos. “O convívio com os bichanos no ambiente de trabalho pode trazer melhor rendimento, menos estresse e mais motivação. A Terapia Assistida por Animais ou Zooterapia é uma iniciativa dos cursos de Psicologia e Fisioterapia que consiste na reeducação física, social e emocional de humanos pelo contato com animais. A Una é a primeira instituição de ensino Petfriendly do país”, conclui a professora.

Botão Voltar ao topo