segunda-feira , 24 junho 2024
Lar Clube do Livro Parise e outras famílias de imigrantes que fazem a história da comunidade italiana no Brasil
Clube do LivroEm Destaque

Parise e outras famílias de imigrantes que fazem a história da comunidade italiana no Brasil

amanhecer”

Ao pesquisar sobre seus antepassados, o paulista Luiz Gustavo Parise descortinou um universo pouco explorado. Para além dos já batidos relatos de imigrantes italianos que embarcaram em um navio rumo ao Novo Mundo, em Partiremos ao Amanhecer o autor reconstitui em detalhes o cotidiano tanto da Itália quanto do Brasil desde o período pré-imigração até após a chegada dos italianos ao país.

O resultado é uma obra de 400 páginas que narram sobre a vida doméstica, o trabalho, a religiosidade, os costumes e a sociedade. São cenas como a do embarque dos italianos no porto de Gênova ou o momento em que Steffano Parise ampara Maria Agujaro durante o nascimento do primeiro filho do casal, com todas as dificuldades e superstições que envolviam um parto em 1798, ao mesmo tempo em que tropas napoleônicas invadiam a vila onde moravam.

Aquele domingo começava na mesmice de todos os outros com os colonos
acordando cedo para irem à santa missa na igreja matriz.
Com a única diferença de que para Sante Parise e sua família seria a primeira vez que a visitariam.
Mas era só isso. Não havia nada no ar que prenunciasse a importância que
aquela data teria na História do Brasil. Ninguém sabia que às três da tarde daquele dia de descanso,
na capital do império, a Lei Áurea seria assinada
.
(Partiremos ao Amanhecer, p. 259)

Parise pesquisou em mais de dois mil documentos na Itália – onde esteve por cinco vezes -, leu mais de 30 livros, fez dezenas de entrevistas e visitou lugares por onde seus antepassados estiveram. Assim, foi possível escrever uma história verídica na forma de um romance histórico, com diálogos, descrições, sentimentos, personalidades, vestimentas, cenários e objetos reconstituídos pelo autor. 

Além da família Parise, a obra cita dezenas de outros sobrenomes de origem italiana que hoje estão presentes em todo o Brasil. Dessa forma, ao contar a história da sua família, Luiz Gustavo Parise resgata também a trajetória de milhões de outros brasileiros que hoje formam uma das maiores comunidades de ascendência italiana do mundo. O prefácio é do produtor cinematográfico Rubens Gennaro, reconhecido pela produção focada na imigração italiana como nos filmes Anita e GaribaldiCafundó e Oriundi.

Ficha técnica
Livro: Partiremos ao Amanhecer  
Autor: Luiz Gustavo Parise 
ISBN: 978-65-5899-339-1  
Páginas: 400  
Preço: R$ 69,00 
Onde encontrar: Amazon | Clube de Autores

Sobre o autor: Luiz Gustavo Parise nasceu em Conchas, interior de São Paulo. É piloto de avião há 24 anos, conduzindo a aeronave Airbus em linhas aéreas. Tem graduação em Psicologia e em Gestão de Empresa Aérea. Morou em San Diego, nos Estados Unidos e já visitou mais de 30 países. Sua paixão por histórias e outras culturas vem desde a infância.

Redes sociais do autor: Instagram | Facebook 

Artigos relacionados

Em Destaque

Sintonia Musicarte: O encanto da cultura negra nas periferias

O Instituto Unimed-BH leva espetáculo cultural às escolas públicas de comunidades periféricas....

Em Destaque

Participe do 3º Arraiá da Psiquê: Shows, Comidas Típicas e Muito Mais!

Preparem-se para uma festa junina imperdível! No dia 6 de julho, a...

AgendaEm Destaque

FIT BH – de 20 a 30 de junho

O FIT BH é mais que um Festival. É uma plataforma de...