Lar Agenda Maria Fumaça terá viagens extras ao longo do feriado prolongado da Independência do Brasil
AgendaEm Destaque

Maria Fumaça terá viagens extras ao longo do feriado prolongado da Independência do Brasil

Ao longo do feriado prolongado de 7 de setembro serão realizados 18 passeios por um trajeto que conta com paisagens que ainda preservam a arquitetura do século XIX ao longo da Serra de São José. Os turistas poderão fazer as tradicionais viagens entre quinta-feira e domingo. Na quinta-feira teremos passeios às 13h e às 18h, partindo de São João del-Rei, e às 14h e 19h30, com saída de Tiradentes.

Na sexta e sábado, haverá viagens às 10h, 13h30 e 15h45, partindo de São João del-Rei. E, de Tiradentes, as partidas serão às 11h, 14h30 e 16h45. Já no domingo, último dia do feriado, haverá uma saída de São João del-Rei, às 10h, e uma de Tiradentes, às 11h. Para conferir a agenda completa com os horários do trem turístico, basta clicar aqui.

 

Passagens

A tarifa inteira para ida é de R$ 70 e a inteira ida e volta custa R$ 140. A meia-entrada para ida é de R$ 35 e a meia ida e volta custa R$ 70. A venda de passagens é feita por meio das bilheterias, nas estações de São João del-Rei e Tiradentes, bem como pela internet. Pela web, basta clicar no link do Guichê Virtual, para ser direcionado ao site responsável pela venda de passagens do trem turístico. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (32) 3371-8485, de quarta-feira a domingo. 

A entrada é gratuita para crianças de 0 a 5 anos (no colo), mediante apresentação de certidão de nascimento ou carteira de identidade. Têm direito à meia-entrada (50%)crianças de 6 a 12 anos, com a apresentação de certidão de nascimento ou carteira de identidade; estudantes a partir de 13 anos com carteirinha válida no período e identidade com foto; pessoas com deficiência portando carteirinha ou laudo médico; e pessoas a partir de 60 anos, apresentando documento de identidade com foto.

 

Acervo ferroviário

Também será possível visitar o Museu Ferroviário e a Rotunda, localizados na Estação de São João del-Rei. O museu foi inaugurado em 28 de agosto de 1981, devido ao centenário da antiga Estrada de Ferro Oeste de Minas (EFOM). Ele conta a história da EFOM e reúne peças que foram utilizadas nessa ferrovia e em outras da mesma época. A visitação a esse que é o maior centro de preservação da história ferroviária do Brasil é gratuita. 

A Rotunda, por sua vez, tem uma arquitetura em forma circular e 25 linhas em seu interior convergindo para o girador manual localizado no centro do prédio. Ela faz parte do Museu Ferroviário. O ingresso possui um valor de R$ 20 por visitante e a meia-entrada custa R$ 10, mediante apresentação de documento de identidade com foto ou certidão de nascimento para as crianças. Ele pode ser adquirido nas bilheterias de São João del-Rei e Tiradentes. A visita guiada ocorre às 9h e às 16h, nos dias de circulação do trem.

 

Sobre a VLI

A VLI tem o compromisso de apoiar a transformação da logística no país, por meio da integração de serviços em portos, ferrovias e terminais. A empresa engloba as ferrovias Norte Sul (FNS) e Centro-Atlântica (FCA), além de terminais intermodais, que unem o carregamento e o descarregamento de produtos ao transporte ferroviário, e terminais portuários situados em eixos estratégicos da costa brasileira, tais como em Santos (SP), São Luís (MA) e Vitória (ES). Por quatro anos consecutivos entre as três companhias mais inovadoras do setor de Transporte e Logística no ranking do Valor Inovação, a VLI transporta as riquezas do Brasil por rotas que passam pelas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.

Artigos relacionados

Em DestaqueMundo

1º feira de “carros voadores” da América Latina será realizada neste mês em São Paulo

Expo eVTOL 2024 terá eVTOLs, os veículos elétricos de decolagem e pouso...

Agenda

Orquestra Ouro Preto celebra legado musical de Duke Ellington

Concerto dedicado à lenda do jazz terá única apresentação no dia 12...