Skatista, obstetriz, policial penal e mais 19 profissões são reconhecidas pelo Ministério do Trabalho

O Ministério do Trabalho e Previdência incluiu 22 ocupações/titulações na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO).
Com as novas inclusões, o Brasil registra agora 2.269 ocupações reconhecidas. E o que isso representa para o trabalhador? De acordo com o advogado Sérgio Batalha, a inclusão das novas categorias nesse ranking serve para facilitar o gozo de direitos trabalhistas e previdenciários.
É importante destacar que a CBO é o documento que reconhece a existência da ocupação, mas não interfere na sua regulamentação.

Confira as 22 profissões:

Analista de e-commerce

Condutor de turismo náutico

Controlador de acesso

Engenheiro de energia

Engenheiro biomédico

Engenheiro têxtil

Estampador de placa de identificação de veículos (PIV)

Guarda portuário

Greidista

Inspetor de qualidade dimensional

Obstetriz

Oficial de proteção de dados (DPO)

Operador de manutenção e recarga de extintores de incêndio

Operador de usina de asfalto

Perito judicial

Policial penal

Profissional de organização

Skatista profissional

Somelier

Técnico em agente comunitário de saúde

Tecnólogo em agronegócio

Técnico em dependência química

Botão Voltar ao topo