segunda-feira , 24 junho 2024
Lar Em Destaque Mudanças são necessárias
Em Destaque

Mudanças são necessárias

Normalmente, os Supermercados são enormes! Se assim não fossem, não seriam super, não é mesmo?
E nós, pobres consumidores, levamos quase uma vida inteira para conseguir memorizar em que corredor e local está aquele produto que sempre iremos comprar. E quando conseguimos essa proeza, entramos na nossa zona de conforto. Chegamos tranquilos no supermercado e nos dirigimos resolutos ao local já previamente determinado por nossa mente, pois sabemos exatamente onde está o produto que iremos comprar.
E, para o nosso espanto, chegamos ao corredor e ao local em que deveria estar o nosso produto e ele não mais se encontra ali. Uma inquietação e uma sensação de insegurança se apossa de nós!
Como assim?! Quem operou essa vil mudança, sem o nosso consentimento? Com qual propósito? Aquela máxima, “o cliente tem sempre razão!” não está valendo mais? E nos sentimos como cegos, em meio a um tiroteio. Embasbacados, corremos os olhos esgazeados em todas as direções e nada de avistar o nosso tão sonhado produto. Saímos tateando, às cegas, experimentando conturbados sentimentos: ira, impotência, revolta, indignação, decepção, frustração, traição…
E quando, cansados da infrutífera procura, nos preparamos para deixar o supermercado – com a promessa de nunca mais ali retornar – pelo fato dele ter traído a nossa confiança e nos imposto a inquietação e a insegurança, eis que se aproxima um(a) funcionário(a) com o mais belo sorriso – e uma expressão dissimulada de ironia, pois assistiu todo o nosso infinito momento de “baratas tontas” – e educadamente nos pergunta: – Posso ajudar?
E nós, aliviados e reconfortados, nos entregamos ao “anjo da salvação”, confessamos a nossa impotência pelo produto não encontrado e aguardamos pelo socorro.
E o “anjo” nos diz: – Senhor/Senhora, por aqui, por favor!
E nos leva, como cães guiando cegos, até as nossas necessidades.
E se a gente pergunta, revestidos ainda do sentimento de indignação: – Mas… por que mudaram esse produto, de lugar?
Eis a doce resposta: – Senhor/Senhora, mudanças são necessárias!
E acrescenta, sempre sorrindo: – Posso te ajudar em mais alguma coisa?
E diante da nossa recusa, se afasta com olhos ávidos, em busca de mais um(a) cliente desnorteado(a).

Artigos relacionados

Em Destaque

Sintonia Musicarte: O encanto da cultura negra nas periferias

O Instituto Unimed-BH leva espetáculo cultural às escolas públicas de comunidades periféricas....

Em Destaque

Participe do 3º Arraiá da Psiquê: Shows, Comidas Típicas e Muito Mais!

Preparem-se para uma festa junina imperdível! No dia 6 de julho, a...

AgendaEm Destaque

FIT BH – de 20 a 30 de junho

O FIT BH é mais que um Festival. É uma plataforma de...