X Promoções
FEF - Festas e Fotos

Vespasiano assistiu ao maior simulado de emergências já realizado em Minas

A avenida Dr. Ari Teixeira, no centro da cidade, virou cenário de um treinamento de socorro a múltiplas vítimas de um acidente de trânsito com 4 veículos, com a participação de cerca de 500 pessoas. O evento promovido pela Faculdade da Saúde e Ecologia Humana – FASEH – é o maior deste tipo, já realizado em Minas (com 50 vítimas), inédito na cidade e teve como objetivo preparar estudantes, profissionais de saúde e comunidade em geral para a reação apropriada, diante de eventualidades como estas.

“Os profissionais da saúde precisam se antecipar aos acidentes, por isso esse tipo de exercício é importante para toda a cidade”, explicou o coordenador do Simulado, o professor da Medicina e da Enfermagem da FASEH, Daniel Fernandes.

Antes do Simulado, alunos dos cursos de Saúde e Direito da FASEH deram consultas grátis para a população. “Nossa instituição quer oferecer seus serviços à comunidade e ser parceira dos órgãos públicos em iniciativas como esta. É uma oportunidade integradora, com apoio da prefeitura”, disse a diretora acadêmica da faculdade, Dra. Hérica Soraya.

 

 

Prefeita Ilce Rocha com a diretoria da FASEH: DR. Ricardo Guimarães (presidente do CESUV), Dr. João Lúcio dos Santos Junior (Diretor geral da FASEH) e Dra. Hérica Soraya (Diretora acadêmica da FASEH)

A prefeita Ilce Rocha que estava presente respondeu: “A gente só tem a agradecer à FASEH, estamos impressionados com o que estamos vendo aqui que é importante para preparar a comunidade para uma eventual emergência”. O presidente do CESUV, entidade mantenedora da FASEH, Dr. Ricardo Guimarães, retribuiu o agradecimento “à prefeita que nos ajudou na organização do evento, na liberação do espaço e na preparação de todos estes recursos da municipalidade que é muito importante para que tenhamos sucesso”.

Durante semanas, a faculdade se reuniu com agentes públicos da Prefeitura de Vespasiano – Transvesp, Defesa Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros – para organizar o simulado e informar à população sobre a importância da iniciativa e sobre as alterações na rotina da cidade e no trânsito, na manhã do evento. A atividade ainda teve como parceiros o SAMU BH e a empresa de ambulâncias Luiz Vidas e a CMOS Drake de desfibriladores.

Um narrador anunciou o histórico do acidente e como seria a ação dos envolvidos. Os alunos, divididos em equipes atenderam as vítimas no local do simulado, fazendo a triagem por gravidade e foram observados e avaliados pelos “sombra” – professores dos cursos de saúde (Medicina, Enfermagem e Fisioterapia) da faculdade. Também a equipe da UPA de Vespasiano participou do simulado, recebendo algumas das vítimas do acidente, de surpresa, como parte da atividade combinada com a prefeitura para testar a reação e capacidade de atendimento dos funcionários.

Publicações Relacionadas

Projeto Vespasiano70anos | Aloma Batista

Marcos

2019 terá 16 feriados nacionais

Marcos

Prefeitura de Pedro Leopoldo inaugura nova sede da Biblioteca Municipal

Marcos

Deixe o seu Comentário